Sabado, 05 de Dezembro de 2020

Nota sobre a nomeação do diretor-geral da Polícia Federal

NOTA CONJUNTA – Forças de segurança pública federais foram abandonadas mais uma vez

PEC 412: o egocentrismo corporativista na adversidade política da Segurança Pública sob o impacto da crise sanitária coronavírus COVID-19

Sinpef-ES integra união de forças para auxiliar famílias capixabas

Coronavírus: Sinpef-ES suspende atendimentos presenciais e disponibiliza canais online

A POLÍCIA FEDERAL
SOMOS NÓS!

04/05/2020

FORÇAS DE SEGURANÇA PúBLICA FEDERAIS ABANDONADAS

NOTA CONJUNTA


As entidades representativas de Policiais Federais e Policiais Rodoviários Federais tornam público o desrespeito e a falta de ética que vem sendo a marca do tratamento oferecido aos servidores federais de segurança pública pelo governo federal.

 

Em meio à maior crise de saúde vivenciada pela humanidade nas últimas décadas, a população brasileira se vê mergulhada na luta pela vida contra a pandemia da COVID-19. Na linha de frente desta guerra, servidores de saúde e de segurança pública da União, Estados e Municípios, têm dado repetidos exemplos de abnegação e desprendimento, com o risco e o sacrifício da própria vida no enfrentamento da doença.

 

O novo coronavírus não descansa e tampouco a criminalidade, a corrupção, o tráfico de drogas e a violência estão em quarentena, à espera dessa crise passar. Ao contrário, é neste momento, quando os olhos da população estão voltados para o número crescente de vítimas dessa pandemia, que a criminalidade aumenta seus esforços para, inclusive, se aproveitar e expandir suas redes.

 

Na noite deste sábado (2), o Senado da República finalizou a votação do plano emergencial de socorro financeiro a Estados e Municípios. Tal matéria já havia sido objeto de análise da Câmara dos Deputados, mas, em uma manobra articulada pela equipe econômica do Governo, um novo texto foi construído e relegou à vala comum os servidores públicos federais das áreas de Saúde e de Segurança Pública.

 

A despeito das diversas manifestações pluripartidárias de Senadores pela necessidade de proteção do Estado Brasileiro para com os profissionais que atuam na linha de frente durante a pandemia, o texto aprovado e publicado, seja por uma ardil articulação da equipe econômica do Governo, seja por uma inaceitável falha técnica, sacrificou todos os servidores federais da saúde e da segurança pública, com o congelamento de salários, promoções e progressões funcionais, ressalvando apenas os profissionais de saúde e segurança pública dos Estados, Distrito Federal e Municípios, além das Forças Armadas, numa discriminação injustificável.

 

Em um momento crítico, em que o empenho, a união e a luta de toda a humanidade contra um inimigo comum se fazem necessários, e quando as lideranças de médicos, enfermeiros e policiais surgem como um farol na escuridão, o Governo brasileiro, através de sua equipe econômica, arrisca abandonar seus agentes públicos à própria sorte, dando-lhes um tratamento indevido, injusto e absolutamente imerecido.

 

A Câmara dos Deputados tem o importante papel de trazer luz e correção a essa triste distorção e os servidores federais de saúde e segurança pública, e toda a sociedade brasileira contam com o empenho dos representantes do povo no Congresso Nacional.

 

FENAPEF – Federação Nacional dos Policiais Federais
FENAPRF – Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais
ADPF – Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal

APCF – Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais





    NOTÍCIAS

    Projeto de lei cria tipo penal Domínio de Cidades em crimes graves contra o patrimônio

    Grupos criminosos fortemente armados tomam de assalto uma cidade e cometem diversas atrocidades. Nos últimos dias, vimos cenas que quase lembram filmes de ação se desenrolando pelas ruas de Criciúma (SC), em ações bem planejadas de assalto a bancos.   Em um contraponto fundamental a essas violentas ações criminosas, na tarde desta quinta-feira (3), o deputado Sanderson (PSL-RS) protocolou o Projeto de Lei 5365/2020 (PL Domínio...

    Sete armas de fogo e 569 munições de diversos calibres são apreendidos em operação

    Oito agentes federais, com o apoio de três militares do Exército, cumpriram mandado de busca e apreensão em Cariacica no âmbito da Operação Bengala. Na ação, foram aprendidas sete armas de fogo e 569 munições de diversos calibres.   O investigado foi preso em flagrante e conduzido à Polícia Federal, mas, como se trata de infração penal afiançável, foi arbitrada fiança. O in...

    Do novo cangaço ao domínio das cidades, o livro que retrata a violência em crimes contra o patrim

    Profissionais que também estão na linha de frente do combate à criminalidade no País, policiais federais e policiais militares, além de um membro do Ministério Público, reuniram-se para trazer aos leitores a obra “Alpha Bravo Brasil: Crimes Violentos Contra o Patrimônio”. O livro, produzido pelos 10 autores, reúne pesquisas acadêmicas realizadas por profissionais especializados em Segurança Pública e of...

    Preso em flagrante investigado por compartilhar pornografia infantil

    Cinco agentes federais que atuam no Espírito Santo prenderam um homem em flagrante, na manhã desta quarta (14), pelo crime de compartilhamento de arquivos contendo pornografia infanto-juvenil. A prisão ocorreu durante um cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa do investigado, em Vitória.   A prisão do investigado faz parte da Operação Interrupção, que tem o objetivo de combater difusão de arquivos con...

    Justiça reconhece acidente de trabalho de agente sindicalizado

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (SINPEF-ES) obteve sentença favorável no 2º Juizado Especial de Vitória na defesa de sindicalizado que sofreu acidente trabalho, outrora não reconhecido administrativamente pela DGP/PF.   Na instrução do processo administrativo foram ouvidos servidores que testemunharam a lesão sofrida pelo sindicalizado durante o treinamento. Apesar das fortes dores do acidente de trabalho, e...

    Investigação contra desvios milionários no SUS deflagra mandados de busca e apreensão no ES

    Agentes federais cumprem oito mandados de busca e apreensão em cinco municípios capixabas no âmbito da “Operação Sem Misericórdia”, que investiga o desvio de mais de R$ 2 milhões de recursos do SUS destinados à Santa Casa de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul.   Os mandados estão sendo cumpridos em Vitória (um), Vila Velha (quatro), Afonso Cláudio (um), Venda Nova do Imigrante (um) e Sã...

    “O adoecimento mental faz parte de uma profissão de risco”, alerta especialista

    Homens e mulheres que atuam nas forças de segurança, muitas vezes, são vistos pelo estereótipo do “herói”. Pessoas fortes, quase invencíveis. Pessoas, muitas vezes, duras, corajosas, inquebráveis. E, muitas vezes, esquece-se que esses homens e mulheres são, sobretudo, pessoas. Seres humanos.   Em 2019, um estudo realizado pela Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) apontou que se a Políci...

    Copas inicia trabalho de atenção à saúde dos profissionais da Segurança Pública no Estado

    O início dos trabalhos efetivos da Comissão Permanente de Atenção à Saúde dos Profissionais de Segurança Pública, Defesa Social e Justiça no Espirito Santo (Copas) ocorreu nesta quarta-feira, 9 de setembro, véspera da data em que marca o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio (10 de setembro).   A Copas foi instituída após portaria publicada em dezembro de 2019, pela Secretaria da Segura...

    Policiais aposentados estão autorizados a manter armas da ativa

    O diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre de Souza, editou portaria autorizando que policiais federais mantenham as armas que utilizavam na ativa ao se aposentarem. Segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais, a regra autoriza ainda que policiais já aposentados também poderão receber uma arma, se quiserem. A portaria entrará em vigor no dia 1º de outubro.   A Fenapef informou que a edição da portaria s...

    Fim do desconto da cota-parte pré-escolar para policiais federais

    A disputa pelo fim do desconto da parte dos policiais federais no auxílio pré-escolar chegou ao fim para os filiados de 19 estados, incluindo o Espírito Santo, que ajuizaram ação conjunta contestando o desconto. A diretoria jurídica da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) fechou acordo com a Advocacia Geral da União (AGU) para que cessem os descontos nos vencimentos dos servidores.   O acordo foi fechado com des...

    Clique aqui para exibir mais notícias