Quarta-feira, 15 de Julho de 2020

Nota sobre a nomeação do diretor-geral da Polícia Federal

NOTA CONJUNTA – Forças de segurança pública federais foram abandonadas mais uma vez

PEC 412: o egocentrismo corporativista na adversidade política da Segurança Pública sob o impacto da crise sanitária coronavírus COVID-19

Sinpef-ES integra união de forças para auxiliar famílias capixabas

Coronavírus: Sinpef-ES suspende atendimentos presenciais e disponibiliza canais online

A POLÍCIA FEDERAL
SOMOS NÓS!

04/05/2020

FORÇAS DE SEGURANÇA PúBLICA FEDERAIS ABANDONADAS

NOTA CONJUNTA


As entidades representativas de Policiais Federais e Policiais Rodoviários Federais tornam público o desrespeito e a falta de ética que vem sendo a marca do tratamento oferecido aos servidores federais de segurança pública pelo governo federal.

 

Em meio à maior crise de saúde vivenciada pela humanidade nas últimas décadas, a população brasileira se vê mergulhada na luta pela vida contra a pandemia da COVID-19. Na linha de frente desta guerra, servidores de saúde e de segurança pública da União, Estados e Municípios, têm dado repetidos exemplos de abnegação e desprendimento, com o risco e o sacrifício da própria vida no enfrentamento da doença.

 

O novo coronavírus não descansa e tampouco a criminalidade, a corrupção, o tráfico de drogas e a violência estão em quarentena, à espera dessa crise passar. Ao contrário, é neste momento, quando os olhos da população estão voltados para o número crescente de vítimas dessa pandemia, que a criminalidade aumenta seus esforços para, inclusive, se aproveitar e expandir suas redes.

 

Na noite deste sábado (2), o Senado da República finalizou a votação do plano emergencial de socorro financeiro a Estados e Municípios. Tal matéria já havia sido objeto de análise da Câmara dos Deputados, mas, em uma manobra articulada pela equipe econômica do Governo, um novo texto foi construído e relegou à vala comum os servidores públicos federais das áreas de Saúde e de Segurança Pública.

 

A despeito das diversas manifestações pluripartidárias de Senadores pela necessidade de proteção do Estado Brasileiro para com os profissionais que atuam na linha de frente durante a pandemia, o texto aprovado e publicado, seja por uma ardil articulação da equipe econômica do Governo, seja por uma inaceitável falha técnica, sacrificou todos os servidores federais da saúde e da segurança pública, com o congelamento de salários, promoções e progressões funcionais, ressalvando apenas os profissionais de saúde e segurança pública dos Estados, Distrito Federal e Municípios, além das Forças Armadas, numa discriminação injustificável.

 

Em um momento crítico, em que o empenho, a união e a luta de toda a humanidade contra um inimigo comum se fazem necessários, e quando as lideranças de médicos, enfermeiros e policiais surgem como um farol na escuridão, o Governo brasileiro, através de sua equipe econômica, arrisca abandonar seus agentes públicos à própria sorte, dando-lhes um tratamento indevido, injusto e absolutamente imerecido.

 

A Câmara dos Deputados tem o importante papel de trazer luz e correção a essa triste distorção e os servidores federais de saúde e segurança pública, e toda a sociedade brasileira contam com o empenho dos representantes do povo no Congresso Nacional.

 

FENAPEF – Federação Nacional dos Policiais Federais
FENAPRF – Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais
ADPF – Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal

APCF – Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais





    NOTÍCIAS

    Caso Maria Nilce: força-tarefa de agentes federais mudou a investigação criminal no Estado

    A estruturação de uma força-tarefa composta por agentes federais para investigar as circunstâncias da morte da jornalista e colunista social Maria Nilce, assassinada em 1989, contribuiu em muito para transformar o modo de conduzir as investigações criminais no Espírito Santo, já que havia sérias denúncias de comprometimento de alguns poucos servidores das polícias Civil e Militar.   Com o método de trabalho...

    Agentes federais prendem assaltante dos Correios em operação

    Com a participação de 10 policiais federais, a Operação Aplicativo Francês cumpriu o mandado de prisão expedido pela Justiça Federal em Vitória para um acusado de ser assaltante dos Correios. O homem, que também responde pelo crime de homicídio, foi preso em Laranjeiras, na Serra, nesta sexta-feira, dia 3.   De acordo com as investigações, o acusado participou de roubos a agências dos Correios no Esp&...

    Agentes federais apreendem cocaína equivalente a R$ 1,5 milhão

    A segunda fase da Operação Assepsia resultou na apreensão de mais um veículo ligado ao foragido da Justiça que foi preso na última quarta-feira (1º), recheado com mais de 80 quilos de cocaína, avaliada em R$ 1,5 milhões.   Cinco policiais federais cumpriram o mandado de busca e apreensão em Guarapari. O investigado responde pelo crime de lavagem de dinheiro, em que a pena varia entre 3 a 10 anos de reclusão, e pelo...

    Foragido da Justiça é preso por agentes federais com R$ 280 mil no ES

    A Operação Assepsia resultou na prisão de um foragido da Justiça e na apreensão de dois veículos de luxo e aproximadamente R$ 280 mil em espécie, que se suspeita serem provenientes do tráfico de drogas.   O objetivo da Assepsia é o combate ao tráfico de drogas e à lavagem de dinheiro. A operação contou com a participação de seis policiais federais e foram cumpridos dois mandados de pri...

    Agentes federais interceptam cogumelos alucinógenos em pacote dos Correios

    Em mais uma ação dos policiais federais referente a encomendas com drogas enviadas pelos Correios, a Operação Parônimo cumpriu dois mandados de busca e apreensão em bairros nobres de Vitória na manhã desta sexta-feira, dia 26.   Os nove agentes federais envolvidos na operação encontraram pequenas quantidades de maconha e cogumelos alucinógenos, bem como apetrechos de preparação para o consumo das dro...

    Policiais Federais são contra a divisão do Ministério da Justiça e Segurança Pública

    Mais da metade dos policiais federais são contrários à divisão do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Eles acreditam que os custos seriam altos demais e que a mudança não seria suficiente para reduzir os índices de criminalidade. Também não creem que a cisão fosse facilitar a construção da Lei Orgânica da Polícia Federal, emperrada há mais de trinta anos no C...

    Agentes federais apreendem 180 quilos de maconha na BR-101, em Guarapari

    Policias federais e agentes rodoviários federais apreenderam na tarde desta sexta-feira, dia 19, 180 quilos de maconha, que seguiam em um veículo na BR-101, na altura de Guarapari. Na abordagem também foi identificado outro veículo envolvido, atuando como batedor do transporte.   Além das drogas, foram apreendidas duas armas de fogo, uma pistola e um revólver, e os dois veículos utilizados na ação ilícita. Os presos for...

    Condenado no Acre por tráfico de drogas é preso por agentes federais no Estado

    Policiais federais prenderam em Vila Velha, na região da Praia da Costa, um homem condenado há mais de sete anos de prisão por tráfico de drogas e associação para o tráfico no Acre. Ele estava foragido da Justiça há mais de dois anos.   No momento da abordagem pelos agentes federais, o criminoso se identificou com nome falso, o que resultou em sua prisão em flagrante pelos crimes de falsa identidade. Além disso, ...

    Correios entregam encomenda com haxixe e agentes federais apreendem

    Policiais federais realizaram nova ação nesta quarta-feira, dia 9, com o objetivo de combater a remessa de drogas pelos Correios.   Após a entrega da encomenda postal para um destinatário em Vila Velha, foi constatado em seu interior pequena quantidade de haxixe, que foi configurado como destinado a consumo pessoal, resultando na lavratura de Termo Circunstanciado de Ocorrência de menor potencial.   Entenda o caso A diligência foi decorrente...

    Traficante e homicida de Minas Gerais é preso na Serra

    Agentes federais prenderam nesta quinta-feira, dia 04, na região de Balneário Carapebus, Serra, um homem acusado de chefiar associação para o tráfico de drogas na região de Governador Valadares, Minas Gerais. Ele estava foragido da Justiça há mais de 5 anos.   No momento da abordagem, o preso se identificou com documentos falsos, o que resultou também em sua prisão em flagrante pelo crime de falsidade ideológica....

    Clique aqui para exibir mais notícias