Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020

Polícia Federal é a instituição mais confiável entre os brasileiros, segundo pesquisa

Projeto social liderado por policial federal completa dois anos fazendo a diferença na vida de meninos capixabas

ARTIGO MARCUS FIRME - Policiais Federais: trabalho de defesa da sociedade e seus desafios

A POLÍCIA FEDERAL
SOMOS NÓS!

28/08/2019

FENAPEF E SINPEF-ES SE POSICIONAM CONTRA A PEC 412

Agentes, escrivães, papiloscopistas e peritos da Polícia Federal estão em estado de alerta. A preocupação, manifestada por suas entidades representativas, é a Proposta de Emenda Constitucional 412, a chamada PEC da Autonomia da Polícia Federal, que voltou a ser debatida em Brasília. Para eles, o argumento de que a norma iria fortalecer a instituição é uma falácia. Eles ainda a consideram um retrocesso que pode levar a Polícia Federal ao enfraquecimento e até à extinção, pois retira a Policia Federal do art. 144 da Constituição e a remete a uma lei complementar.

 

“A proposta é uma ação corporativista e baseia-se em argumentos dissimulados. Percebe-se a real intenção no substitutivo que seria apresentado e foi retirado, no qual o delegado de Polícia Federal figura-se como a própria instituição, possuidor de um cargo com prerrogativas próprias nos moldes dos magistrados e Ministério Público, agindo da forma que lhe convém, gozando ainda de benefícios como auxílio moradia. É uma causa de interesse próprio, em que os delegados terão autonomia até mesmo para definirem os próprios salários, mas extremamente prejudicial para a instituição da Polícia Federal e para a sociedade”, dispara o presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) e diretor parlamentar da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcus Firme.

 

Ele ainda argumenta que com a aplicação da PEC, seria a PF uma instituição armada, desvinculada do Poder Executivo e, o que é mais grave, sem controle externo. “Há o risco da sociedade ter uma Polícia Federal repleta de desmandos e ações desenfreadas. A premissa é falsa também porque a Polícia Federal já possui autonomia para suas investigações, conforme a Lava Jato já foi capaz de provar para todo o Brasil”,  complementa.

 

A avaliação das instituições representativas dos agentes, peritos e escrivães é que a PEC 412, retira da Polícia Federal a sua natureza jurídica de “órgão permanente”, sua forma de organização e subordinação “organizado e mantido pela União” e a sua estrutura de cargos “estruturado em carreira”, institutos que foram assegurados na Carta de 1988 para o fortalecimento das forças policiais no Brasil, a exemplo de outros países democráticos.

 

“Em que pese a determinação de estrutura em carreira, vale dizer que ela nunca foi implementada na Polícia Federal. Logo, a PEC 412 propõe alteração em comando que sequer foi cumprido. Ela transforma a Polícia Federal do Brasil numa página em branco, que o legislador infraconstitucional, por Lei Complementar, tem a atribuição de escrevê-la, podendo ‘organizar a polícia federal e prescrever normas para a sua autonomia funcional, administrativa e financeira’. Não à toa, a maioria dos policiais federais reprovam essa iniciativa de interesse exclusivo dos delegados, que pretendem criar e extinguir cargos dentro da corporação e definirem seus próprios salários, equiparando-os aos subsídios do STF”.

 

O texto da PEC 412 tramita desde 2009 na Câmara. Recentemente, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Felipe Francischini (PSL-PR), afirmou que pretende pautar o tema em breve na Casa. A proposta se baseia na autonomia orçamentária, financeira e administrativa da instituição e está sendo patrocinada por entidade representativa dos delegados da Polícia Federal.





    NOTÍCIAS

    Artigo: Sindicalista na Polícia Federal, um caminho difícil

    Por Hélio de Carvalho Freitas Filho, vice-presidente do Sinpef-ES Dificilmente alguém que se disponha a entrar na Polícia Federal, submetendo-se a um certame extremamente concorrido e desgastante, que impõe uma rotina árdua de horas de estudo e cuidados com a preparação física, pensaria friamente, após finalmente obter êxito nesse propósito, em assumir simultaneamente as responsabilidades inerentes à atividade po...

    Polícia Federal é a instituição mais confiável para brasileiros

    Pesquisa feita pelo Instituto de Democracia, divulgada nesta segunda-feira (27) pelo jornal Valor, mostra que a Polícia Federal ficou em primeiro lugar na lista de instituições mais confiáveis entre os brasileiros. No levantamento foram ouvidas 2.009 pessoas em 151 municípios. 33% das pessoas afirmaram que "confiam muito" na Polícia Federal. Em seguida vieram as Igrejas, com 32%, 29% nas Forças Armadas, 20% na Polícia Militar e 15% em grup...

    Entenda a importância da PEC da Eficiência para a Segurança

    A Proposta de Emenda Constitucional 168/2019, também conhecida como PEC da Eficiência, é um projeto para modernizar a Polícia Federal. Elaborada pela Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) e abraçada pelo deputado Aluisio Mendes (PSC-MA), ela defende, entre outros avanços, a entrada única pela base da carreira do policial federal e o ciclo completo de investigação. Abaixo, explicamos detalhadamente por que i...

    Levantamento alerta para direitos do servidor público estudante

    Recém-formado em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo, o policial federal Ricardo Abidala Keide elaborou um estudo que compara o que diz a legislação sobre os direitos do servidor estudante e o que de fato acontece nas corporações em situações que exigem horário especial. A conclusão é que, na prática, existe a chamada discricionariedade – isto é – uma análise de conveni&e...

    Presidente da Fenapef fala sobre crimes cibernéticos na UVV

    O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens, fala nesta terça-feira (10) na Universidade de Vila Velha (ES) sobre a atuação do policial federal em crimes cibernéticos. O professor Roberto Darós, agente de polícia federal e especialista em segurança pública, será o mediador do debate.   Palestrantes e plateia vão discutir a “Sociedade Cibern&e...

    Estudantes se reúnem, ganham prêmios e debatem corrupção

    Estudantes do Ensino Médio de cinco escolas da Rede Pública de Ensino do Estado lotaram o auditório do Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCE-ES) para participarem do III Encontro do Dia Internacional Contra a Corrupção na manhã desta sexta-feira (6). Eles também conheceram os vencedores do concurso de redação promovido pelo Focates (Fórum das Carreiras Típicas de Estado) e o Focco (Fórum Permanente de ...

    Agente fala sobre horário especial de servidor estudante

    Ao encaminhar seu Trabalho de Conclusão de Curso no departamento de Direito da Ufes ao Sinpef-ES, o policial federal Ricardo Abidala Keide escreveu uma carta em que relata à entidade representativa sobre sua experiência e os desafios dos agentes federais que são estudantes. O tema de seu TCC foi “Horário Especial de Servidor Estudante: Uma Abordagem a Partir Da Lei 8112/90 e da Constituição Federal”. Confira.   PÓS-ESCRITO...

    Policial federal na identificação de vítimas em Brumadinho

    “Ter contato com pessoas que de maneira abrupta e coletiva simplesmente desapareceram do convívio de seus amigos e familiares é algo transformador. Você percebe o quanto circunstâncias que você realmente não controla podem incidir sobre sua existência. Na verdade, tudo é tênue”.   Esse foi o sentimento que a tragédia de Brumadinho/MG deixou para o Papiloscopista Policial Federal Gabriel de Oliveira Urtiaga, que f...

    Atenção filiado: responda à enquete sobre futuras ações

    A Fenapef está realizando uma enquete entre os filiados para balizar futuras ações da entidade. O objetivo é saber se há concordância com as quatro pautas que foram selecionadas na última Assembleia Geral Extraordinária (AGE), realizada em Brasília, nos dias 19, 20 e 21 de novembro. Foram elas a Lei Orgânica da PF (projeto OPF), a modernização das investigações com protagonismo para o trabalho dos inv...

    Projeto social liderado por policial federal completa 2 anos

    O Capixaba Instituto Social, projeto presidido pelo policial federal e diretor de Comunicação do Sinpef-ES, Fabricio Sabaini, acaba de completar dois anos e vem fazendo a diferença para meninos de 13 a 19 anos, aliando futebol, disciplina e encaminhamento ao emprego. Mais de 100 jovens e adolescentes já foram atendidos.   A comemoração do aniversário do projeto foi na manhã deste sábado (23), no Tancredão, Vitóri...

    Clique aqui para exibir mais notícias