Segunda-feira, 17 de Junho de 2019

POLICIAIS EM DEFESA DE APOSENTADORIA DIGNA PARA CATEGORIA

UM NOVO MODELO DE POLÍCIA PARA O BRASIL

A POLÍCIA FEDERAL
SOMOS NÓS!

21/03/2019

SEGURANÇA PúBLICA: ALEGRIA EFêMERA

A maior estrutura de segurança já montada para a posse de um presidente no país foi a da cerimônia do presidente Jair Bolsonaro, uma vez que a avaliação de risco também foi a mais elevada da história, após o ataque a faca sofrido durante a campanha eleitoral.

Diante das inerentes preocupações e responsabilidades, cerca de seis mil agentes de segurança atuaram nesse evento, sendo cerca de 600 policiais federais, inclusive oriundos do Espírito Santo. No transcorrer do evento, pude colaborar ativamente e observar que o trabalho relativo à segurança das autoridades presentes foi impecável. As ações táticas, realizadas com alto grau de profissionalismo, comprovam a capacidade laborativa dos Policiais Federais.

A desenvoltura de Agentes Federais na coordenação operacional, com domínio seguro sobre toda temática relacionada ao assunto, assim como um ótimo gerenciamento das equipes de segurança das delegações internacionais desenvolvido por agentes, escrivães e papiloscopistas, e um excelente nível de execução foram atribuições marcantes desses profissionais. Restou claro os três níveis de incumbências desenvolvidas, todas com seus graus de complexidade, exercidas por policiais de nível superior.

Apesar da alegria e do orgulho de presenciar uma dinâmica de alto nível, em que o trabalho inerente à gama de atribuições específicas da Polícia Federal foi desempenhado com extrema dedicação e comprometimento, digno de registro histórico, nem tudo são “flores”.

Espantosamente, e inversamente proporcional ao momento, até hoje não existe qualquer Lei Orgânica que reconheça de maneira condizente as atribuições complexas desenvolvidas por esses profissionais da Segurança Pública, justamente esses mesmos abnegados agentes, escrivães e papiloscopistas.

O Projeto de Lei (PL) 6493, de autoria do Poder Executivo que dispunha sobre a organização e o funcionamento da atividade, foi retirado pelo Governo Federal em 2015. A criação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), em 2018, também não trouxe qualquer esclarecimento sobre o organograma, a carreira e as atribuições dos policiais federais.

Apesar de ser exigido via concurso público o nível superior para ingressar em todos os cargos da Polícia Federal desde 1996, até hoje as atribuições são regidas pela Portaria nº 523 de 1989, do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, que traz em seu texto funções defasadas e aquém das atividades realmente desenvolvidas.

As categorias estão discutindo internamente uma nova minuta de Projeto de Lei, mas esta precisa ser apresentada ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo, já que se trata de uma mudança na Lei Orgânica. Esta definição garante não apenas os direitos dos agentes, escrivães e papiloscopistas, como também assegura que a sociedade receberá uma atuação de segurança mais organizada, capacitada e administrada sob as circunstâncias adequadas.

Uma providência fundamental para corrigir as mazelas que ainda permeiam o trabalho dos Policiais Federais, cujo retorno deverá refletir positivamente na produtividade e na qualidade, de maneira a resgatar a autoestima dos policiais e proporcionar uma segurança pública mais eficiente para a população. Um erro histórico que deve ser corrigido o quanto antes pelo novo presidente da República.

Hélio de Carvalho Freitas Filho
Vice-presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES)

 


Fonte: Sinpef-ES


    NOTÍCIAS

    Vantagens para policiais no Federal Club

    Policiais da ativa, aposentados, pensionistas, todos os sindicalizados do Sinpef-ES têm direito a descontos que podem chegar a 70% e uma série de vantagens por meio do Federal Club. São oferecidos benefícios para compras de produtos do lar, instituições de ensino, academias, escolas de idiomas, lojas de roupas, passagens, hotéis, veículos e muito mais. Para comprar veículos, por exemplo, o Federal Club oferece um desconto médi...

    NOTA DE PESAR

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) manifesta profundo pesar pelo falecimento, neste domingo, do presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Rio Grande do Norte (SINPEF-RN), José Antônio Aquino. Trata-se de uma grande perda, tanto de um amigo e companheiro zeloso quanto de um sindicalista combatente e árduo defensor dos policiais federais.   A toda família, amigos e companheiros de luta do já saudoso Aquino, nossa...

    Artigo: As renúncias na vida de um policial

    Por Hélio de Carvalho Freitas Filho, agente federal e vice-presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES)   Compreensível que, no decorrer de uma existência humana, ocorram renúncias em razão de infindáveis motivos, abdicando-se por vezes de certo estilo de vida, abrindo-se mão do conforto e da convivência familiar em função de uma oportunidade de trabalho em outro estado ou até...

    Bonificação por arma ilegal apreendida deverá reduzir mortes

    Um projeto recém apresentado pelo deputado federal Sanderson (PSL-RS) no Congresso está repercutindo no meio policial e promete ser uma alternativa para reduzir os índices de mortalidade por armas de fogo no Brasil. O texto prevê a implementação de bonificação por arma apreendida por policiais em todo território nacional.   Um estudo realizado no âmbito do Espírito Santo, de autoria do diretor do Sindicato dos Poli...

    Nova diretoria é eleita para mandato até 2021

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) elegeu, na última quinta-feira, 18 de abril, a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal que ficarão à frente da entidade até 2021. As urnas foram distribuídas em diferentes pontos de acesso, nas cidades de Vila Velha, Vitória, Cachoeiro de Itapemirim e São Mateus. A apuração foi realizada na terça-feira, 23 de abril.   Os nove membros e dois suplente...

    Eleição da Diretoria Executiva será dia 18 de abril

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espirito Santo (Sinpef-ES) realiza, na próxima quinta-feira, 18 de abril, as eleições para a Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da entidade. As urnas estarão distribuídas em diferentes pontos de acesso, com locais de votação em Vila Velha, Vitória, Cachoeiro de Itapemirim e São Mateus. Com mandato de dois anos, a nova gestão ficará à frente do Sindicato até 2021. &...

    Reforma da Previdência é debatida com parlamentares

    Para ampliar o debate sobre os impactos das mudanças no sistema previdenciário para as carreiras dos agentes de segurança pública, os representantes da União dos Policiais do Brasil (UPB) no Espírito Santo organizaram, na última segunda-feira, 01 de abril, um encontro com senadores, deputados federais e estaduais capixabas.   Realizado na sede do Tribunal de Contas do Estado, o debate foi intermediado pelo diretor da Federação...

    REFORMA DA PREVIDÊNCIA

    Policiais e bancada buscam espaço para mudança na Reforma da Previdência   Representantes da bancada capixaba estiveram presentes no encontro que debateu os impactos da Reforma da Previdência na carreira dos trabalhadores da segurança pública na manhã desta segunda-feira (1) na sede do Tribunal de Contas do Estado. A expectativa é de que haja espaço para mudanças da proposta do governo federal no Congresso, corrigindo pos...

    Eleições SINPEF/ES - Edital de Convocação

    Pelo presente Edital, o Presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Estado do Espírito Santo – SINPEF/ES, faz saber que no dia 18 de abril de 2019, será realizada Eleições para Diretoria Executiva e Conselho Fiscal para a gestão 2019/2021, na forma do § 2° do Art. 21 do Estatuto do SINPEF/ES, no período das 12:00 às 17:00 horas, com urnas na Sede da Superintendência Regional da Polícia Federal sita à Rua Va...

    NOTA DE APOIO

    O Sindicato dos Policias Federais do Espirito Santo – SINPEF ES, neste ato representado por seu presidente, vem, por meio desta nota, PRESTAR TOTAL E IRRESTRITO APOIO ao Diretor Jurídico da Fenapef e Presidente do SINDIPOL/DF, Flávio Werneck, atacado injustamente em nota divulgada por entidade associativa da categoria de delegados federais.   Flávio Werneck, na condição de presidente do SINDIPOL/DF, ao conceder entrevista à imprensa, teceu c...

    Clique aqui para exibir mais notícias