Domingo, 19 de Novembro de 2017

UM NOVO MODELO DE POLÍCIA PARA O BRASIL






A POLÍCIA FEDERAL
SOMOS NÓS!

30/06/2017

MCCE É CONTRA PROJETO DE LEI QUE PREVê USO DE ROYALTIES PARA CUSTEAR PREFEITURAS

O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no Espírito Santo (MCCE), do qual o Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) é integrante, se colocou contra o Projeto de Lei (PL) 238/2017, encaminhado pelo governador Paulo Hartung para a Assembleia Legislativa. O PL pede autorização para que, assim como aconteceu em 2016, os municípios capixabas possam continuar usando em despesas correntes até 60% dos recursos estaduais repassados pelo Fundo para Redução das Desigualdades Regionais, provenientes dos royalties de petróleo e gás natural.

 

O Diretor de Comunicações do Sindicato, Fabrício Sabaini, participou do debate do MCCE sobre o Projeto de Lei e comenta que o objetivo do movimento é chamar a atenção da sociedade sobre a eficiência do serviço público. “A legislação que pode ser aprovada pela Assembleia Legislativa possibilita o custeio do gasto público desmedido com uma verba que poderia ser utilizada para investimento em atividades que alavanquem a economia dos municípios e do Estado”, pontua.

 

NOTA DO MCCE

 

O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, por meio de seu Comitê capixaba, se posiciona publicamente contra o Projeto de Lei n.º 238/2017, de autoria do Sr. Governador do Estado que pretende destinar até sessenta por cento dos recursos dos Royalties com despesas correntes para o custeio da máquina pública das Prefeituras em 2017.

 

Em que pese o momento de extrema dificuldade que o país atravessa, o posicionamento contrário ao PL reside no fato de que seria um prejuízo conceder dinheiro as máquinas públicas municipais toda vez em que os Municípios se encontram em crise, sem que deles seja exigida antecipadamente uma contrapartida, mormente, no que tange às necessárias reformas administrativas e tributárias que estes entes precisam se submeter, bem como medidas de responsabilidade fiscal.

 

A absoluta maioria dos Municípios do Espírito Santo tem estruturas arcaicas e remunerações defasadas, principalmente no que se refere as carreiras essenciais necessárias ao funcionamento da administração pública. Na contramão e n lente do cidadão, observa-se um número excessivo de postos comissionados e apadrinhados políticos em detrimento da boa proficiência estatal.

 

No mesmo sentido, a maioria desses Municípios padecem pelo atraso e excesso de burocracia, deixando de concretizar as diretrizes das políticas voltadas aos serviços essenciais à população como infraestrutura, saúde, educação e segurança.

 

Assim, resta claro que a concessão da benesse aos Municípios sem condicioná-la nesta oportunidade a uma reestruturação da máquina pública – visando um funcionamento mais racional, menos burocrático e, via de consequência, a prestação de serviços mais eficientes – em verdade, acarretará desvio de finalidade e criará retrocesso, pois sempre que surgir períodos de recessão novas súplicas de entes públicos virão, deixando fluir um passivo de sucessivas oportunidades de solucionarem seus déficits. Isso significa, em última instância, o enfraquecimento da autonomia dos municípios.

 

Esta crise econômica é uma rara oportunidade para todos os Municípios corrigirem os erros de administrações inchadas e anacrônicas. A alegação de geração de recursos, sempre utilizada pelos agentes públicos como mote e forma de sensibilização para alcançar seus fins não pode sobrepor à premente necessidade de melhorias no processo de gestão pública, de maneira equilibrada, racional e legal.

 

A sociedade não pode vergar à utilização de recursos públicos com objetivos meramente políticos, e seus representantes devem votar na estrita observância dos interesses da coletividade, observando  amplo debate a fim de evitar o mau uso dos royalties.

 

Entidades signatárias, componentes do MCCE:

 

OAB/ES - Comissão de Combate à Corrupção e à Impunidade

Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo

ONG Transparência Capixaba

Fórum das Carreiras Típicas de Estado do Espírito Santo


Fonte: SINPEF/EES


    NOTÍCIAS

    Congresso debate novo modelo de investigação criminal

    Congresso sobre Segurança Pública em Vitória reúne mais de 100 participantes para debater soluções para sistema brasileiro.    Na última quinta-feira, 09 de novembro, autoridades e profissionais da área de segurança pública, acadêmicos e a sociedade civil como um todo se reuniram para debater as falhas e a falência do sistema de segurança pública brasileiro. O “1º Congresso sobr...

    Advogado defende fim de inquérito policial e do cargo de delegado

    Roberto Darós lança hoje livro em que propõe mudanças na estrutura das polícias   Agente da Polícia Federal com mais de 30 anos de carreira, o advogado Roberto Darós propõe mexer em toda a estrutura da segurança pública para diminuir os números da violência. A principal sugestão? Acabar com o inquérito policial e, por consequência, com o cargo de delegado.   “O modelo de inv...

    Segurança Pública

    Advogado criminalista lança livro convidando a sociedade para o novo pacto reformista da Segurança Pública   Advogado criminalista, professor e mestre Direito Processual Penal, Roberto Darós, convida para o 1° Congresso sobre Segurança Pública: O Novo Pacto Reformista da Sociedade Brasileira na Estruturação da Defesa Social. Na oportunidade, o livro de mesmo nome será lançado. O evento será no dia 09 de novem...

    Policial Federal lança livro sobre a segurança pública brasileira

    Classificado por juristas e especialistas em Segurança Pública como “inovador” e “primoroso trabalho sobre o tema”, o estudo científico desenvolvido pelo Agente de Polícia Federal e mestre em Direito Processual, Roberto Antônio Darós, já está à venda no site da editora Juruá.   O livro, intitulado Segurança Pública – O Novo Pacto Reformista da Sociedade Brasileira na Estrutura&...

    Sinpef-ES e Transparência Capixaba lotam sessão especial do filme sobre a Lava Jato

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) e a Transparência Capixaba realizaram na última segunda-feira, 11 de setembro, uma sessão de cinema especial para exibir o filme “Polícia Federal – A Lei é para Todos”, que conta a história dos bastidores da Lava Jato. Reunindo mais de 300 pessoas no Kinoplex do Shopping Praia da Costa, em Vila Velha, o evento teve a presença de policiais federais, autoridades...

    MCEE se posiciona contra propostas de Reforma Política

    MCEE se posiciona contra propostas de Reforma Política apresentadas pelo Congresso Nacional   O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no Espírito Santo (MCCE) divulga nota se posicionando contra as propostas de Reforma Política que vêm sendo conduzidas pelo Congresso Nacional. De acordo com a entidade, os deputados federais e senadores estão defendendo os interesses próprios em projetos que não espelham o anseio da ...

    Sinpef-ES passa a integrar organização internacional

    O presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) e Diretor Parlamentar da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcus Firme dos Reis, participou, nesta quarta e quinta-feira, 26 e 27 de julho, da assembleia geral de 2017 da Organização Internacional de Policiais de Língua Portuguesa (OIP), vinculada à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O evento ocorreu na sede da CPLP, loc...

    Representantes do Sinpef-ES participaram do 11º Encontro do Fórum de Segurança Pública

    O presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES), Marcus Firme dos Reis, e o vice-presidente, Hélio de Carvalho Freitas Filho, participaram do 11º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que ocorreu na última semana, em São Paulo. O evento teve como tema central “Reforma e Modernização das Instituições Policiais”, contando com a presença de pesquisadores, ...

    NOTA MCCE

    Sinpef-ES e demais entidades do MCEE se posicionam contra destinação de cerca de R$ 6 bilhões para Fundo Eleitoral   O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) e as demais entidades que integram o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no Espírito Santo (MCCE) divulgaram nota se posicionando contra a possibilidade de destinação de cerca de R$ 6 bilhões para o Fundo Eleitoral do pleito de...

    Um novo modelo de Polícia para o Brasil

    Luís Boudens e Felipe Santa Cruz saem em defesa de um novo modelo de Polícia para o Brasil.   Em artigo publicado no dia 30 de junho deste ano na Folha de S. Paulo, o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens, e o mestre em Direito e Sociologia pela Universidade Federal Fluminense e presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/Rio), Felipe Santa Cruz, traçam o que seria, no entender dos dois ...

    Clique aqui para exibir mais notícias