Segunda-feira, 27 de Maio de 2019

UM NOVO MODELO DE POLÍCIA PARA O BRASIL


A POLÍCIA FEDERAL
SOMOS NÓS!

30/06/2017

UM NOVO MODELO DE POLÍCIA PARA O BRASIL

Pense na estranheza que lhe causaria descobrir que o chefe de uma equipe cirúrgica tem muito menos experiência e especialização do que todos os seus demais subordinados.

 

Ou se o projeto final de uma hidrelétrica fosse liderado e assinado por um engenheiro que acabou de sair da faculdade.

 

Algo assim acontece na segurança pública brasileira por conta de um modelo muito peculiar e ultrapassado de ingresso nas polícias civis e federal.

 

Se na maioria dos países do mundo o agente começa em posições de subordinação e sobe na carreira, conforme seu mérito e formação, por aqui o profissional recém-formado em direito é alçado imediatamente a chefe de polícia e investigação.

 

E quais são as consequências?

 

A Operação Carne Fraca -cuja deflagração e, principalmente, divulgação midiática apresentaram claros sinais de amadorismo- talvez ofereça algumas respostas.

 

A ação desastrosa e a comunicação sensacionalista demonstradas no caso ameaçaram a posição do Brasil como exportador, atingiu nossa economia e gerou constrangimento à própria Polícia Federal.

 

Na questão do papelão na carne, por exemplo, bastava que se ouvisse o diálogo gravado com o mínimo espírito crítico para perceber que os interlocutores falavam sobre embalagens.

 

Agentes federais da área técnica, calejados pelo tempo de serviço, poderiam ter sido uma importante voz de cautela. Mas, apesar de trabalharem nas investigações, eles praticamente não participam da coordenação e da comunicação das grandes operações.

 

Vale lembrar: o sistema de carreiras da polícia portuguesa, que originou o brasileiro, foi abolido na década de 1940, para dar lugar ao de ingresso único. O policial galga posições à medida que ganha experiência, como em qualquer empresa.

 

A situação atual no Brasil remonta aos tempos do Império. Diante do grande analfabetismo da época, eram recrutados cidadãos letrados para ocupar, por delegação, o posto de chefe de polícia -função originalmente exercida pelos juízes.

 

A única -e positiva- exceção no país é a Polícia Rodoviária Federal, com ingresso apenas por concurso público, na qual a promoção na carreira é feita por seleções internas. Esse modelo tem gerado avanços inegáveis.


A Polícia Federal precisa ser cada vez mais multidisciplinar, com especialistas em temas como finanças, meio ambiente, informática e entorpecentes. Profissionais com formação em direito são importantes, pelo conhecimento das normas, mas não devem ter necessariamente o protagonismo.

 

Se isso não mudar, viveremos sob o risco de perder tempo e recursos, impedindo a punição de empresas e pessoas envolvidas em atos ilícitos.

 

No âmbito da Polícia Civil, menos de 10% dos homicídios são esclarecidos. Dados recentes mostram que, em São Paulo, as unidades do Poupatempo são mais eficientes para capturar foragidos do que a maior parte das delegacias -o sujeito vai fazer um documento e acaba pego.

 

É preciso repensar e modernizar a estrutura de nossas polícias. A ineficiência do atual modelo pode causar danos enormes ao processo de reconstrução ética e ao combate à corrupção.

 

FELIPE SANTA CRUZ, mestre em direito e sociologia pela Universidade Federal Fluminense, é presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) do Rio

 

LUÍS ANTÔNIO BOUDENS, especialista em segurança pública, é presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais

 

Artigo publicado originalmente na Folha de S. Paulo


Fonte: Agência Fenapef


    NOTÍCIAS

    Nova diretoria é eleita para mandato até 2021

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) elegeu, na última quinta-feira, 18 de abril, a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal que ficarão à frente da entidade até 2021. As urnas foram distribuídas em diferentes pontos de acesso, nas cidades de Vila Velha, Vitória, Cachoeiro de Itapemirim e São Mateus. A apuração foi realizada na terça-feira, 23 de abril.   Os nove membros e dois suplente...

    Eleição da Diretoria Executiva será dia 18 de abril

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espirito Santo (Sinpef-ES) realiza, na próxima quinta-feira, 18 de abril, as eleições para a Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da entidade. As urnas estarão distribuídas em diferentes pontos de acesso, com locais de votação em Vila Velha, Vitória, Cachoeiro de Itapemirim e São Mateus. Com mandato de dois anos, a nova gestão ficará à frente do Sindicato até 2021. &...

    Reforma da Previdência é debatida com parlamentares

    Para ampliar o debate sobre os impactos das mudanças no sistema previdenciário para as carreiras dos agentes de segurança pública, os representantes da União dos Policiais do Brasil (UPB) no Espírito Santo organizaram, na última segunda-feira, 01 de abril, um encontro com senadores, deputados federais e estaduais capixabas.   Realizado na sede do Tribunal de Contas do Estado, o debate foi intermediado pelo diretor da Federação...

    REFORMA DA PREVIDÊNCIA

    Policiais e bancada buscam espaço para mudança na Reforma da Previdência   Representantes da bancada capixaba estiveram presentes no encontro que debateu os impactos da Reforma da Previdência na carreira dos trabalhadores da segurança pública na manhã desta segunda-feira (1) na sede do Tribunal de Contas do Estado. A expectativa é de que haja espaço para mudanças da proposta do governo federal no Congresso, corrigindo pos...

    Segurança Pública: alegria efêmera

    A maior estrutura de segurança já montada para a posse de um presidente no país foi a da cerimônia do presidente Jair Bolsonaro, uma vez que a avaliação de risco também foi a mais elevada da história, após o ataque a faca sofrido durante a campanha eleitoral. Diante das inerentes preocupações e responsabilidades, cerca de seis mil agentes de segurança atuaram nesse evento, sendo cerca de 600 policiais federais, in...

    Eleições SINPEF/ES - Edital de Convocação

    Pelo presente Edital, o Presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Estado do Espírito Santo – SINPEF/ES, faz saber que no dia 18 de abril de 2019, será realizada Eleições para Diretoria Executiva e Conselho Fiscal para a gestão 2019/2021, na forma do § 2° do Art. 21 do Estatuto do SINPEF/ES, no período das 12:00 às 17:00 horas, com urnas na Sede da Superintendência Regional da Polícia Federal sita à Rua Va...

    NOTA DE APOIO

    O Sindicato dos Policias Federais do Espirito Santo – SINPEF ES, neste ato representado por seu presidente, vem, por meio desta nota, PRESTAR TOTAL E IRRESTRITO APOIO ao Diretor Jurídico da Fenapef e Presidente do SINDIPOL/DF, Flávio Werneck, atacado injustamente em nota divulgada por entidade associativa da categoria de delegados federais.   Flávio Werneck, na condição de presidente do SINDIPOL/DF, ao conceder entrevista à imprensa, teceu c...

    Sinpef-ES participa de um dos maiores congressos nacionais sobre segurança pública

    A 17ª edição do Congresso Nacional dos Policiais Federais (Conapef), que foi realizada entre os dias 28 e 30 de novembro, em Curitiba, contou com representação do Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES). O evento, realizado pela Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), reuniu autoridades, jornalistas e policiais federais, sendo uma das principais realizações da área.   Esta edi&cc...

    III SENAJU

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) esteve presente no terceiro Seminário Nacional das Diretorias Jurídicas dos Sindicatos dos Policiais Federais – III Senaju. O evento aconteceu no dia 27 de novembro, em Curitiba, e reuniu policiais federais, advogados e juristas de todo o país e teve como objetivo a discussão de temas relacionados ao sindicalismo, à Polícia Federal e à carreira única dentro do &oa...

    Agente da Polícia Federal aposentado integra delegação brasileira em Campeonato Internacional

      O Agente da Polícia Federal aposentado Nivaldo Leal de Carvalho, instrutor técnico da equipe de tiro esportivo do clube Álvares Cabral, foi convocado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para participar do Campeonato Internacional de Tiro Esportivo. A competição acontece de 12 a 18 de novembro, em Cali, na Colômbia.   Leal irá integrar a delegação brasileira, formada por atletas, médica, fisioter...

    Clique aqui para exibir mais notícias