Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

UM NOVO MODELO DE POLÍCIA PARA O BRASIL






A POLÍCIA FEDERAL
SOMOS NÓS!

03/04/2017

POLICIAIS FEDERAIS MANIFESTAM REPúDIO À REFORMA DA PREVIDêNCIA

A Federação Nacional dos Policiais Federais e seus vinte e sete (27) sindicatos estaduais manifestam seu REPÚDIO à Proposta de Emenda Constitucional 287/2016, que trata da reforma da Previdência Social. Essa proposta representa o desmonte da previdência pública no Brasil, a medida que impõe regras que atentam contra diversos direitos individuais e sociais assegurados pela Constituição Cidadã.

 

A emenda constitucional apresentada pelo Governo Federal viola o art. 10 da Constituição Federal, pela falta da participação dos trabalhadores nos colegiados em que seus interesses profissionais ou previdenciários sejam objeto de discussão e deliberação. A proposta viola ainda o art. 201 da Carta Magna quando deixa de realizar estudos sobre o equilíbrio atuarial da previdência nos quais são observados fatores econômicos, sociais e demográficos. Estes elementos de consulta são indispensáveis para verificação da real situação econômico-financeiro do sistema de seguridade social.

 

Entidades nacionais contestam o argumento do governo quanto ao déficit previdenciário, e apontam que não estão sendo consideradas as demais fontes de custeio incidentes sobre os mais variados impostos, como Cofins, CSLL, PIS-PASEP.

 

Além disso, o governo vem desfalcando a previdência com renúncias e isenções fiscais, assim como retiradas de recursos do sistema de seguridade social mediante a Desvinculação de Receitas da União (DRU) nas últimas décadas, sem esquecer da falta de cobrança de dívidas de grandes empresas ante a Previdência. Esses fatores evidenciam o superávit da previdência social.

 

A PEC 287 apresenta propostas que prejudicam todos os trabalhadores do país, pois cria critérios de aposentadoria inalcançáveis para a grande maioria da população, quanto aos requisitos de idade para aposentadoria, tempo de contribuição, regras de transição, redução do valor das aposentadorias, pensão por morte e benefícios assistenciais.

 

O texto da proposta retira da Constituição Federal o art. 40, parágrafo 4°, que estabelece critérios diferenciados para a aposentadoria dos servidores portadores de deficiência, que exerçam atividades de risco e os que trabalham sob condições especiais que prejudicam a saúde e a integridade física, subjugando o princípio da igualdade constitucional, que significa tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais, na exata medida de suas desigualdades.

 

Os profissionais de segurança pública foram incluídos pelo constituinte originário na categoria de servidores que exercem atividade de risco, em face da natureza da atividade policial que é altamente complexa, estressante e que exige condições físicas, psicológicas e regime de trabalho diferenciados. A PEC 287 está em descompasso com o tratamento dado por outros países à aposentadoria policial, sendo um retrocesso para a segurança pública.

 

Diante disso, esperamos que o Governo retire a PEC 287/2016 para que seja amplamente debatida com as categorias de trabalhadores e que sejam desenvolvidos estudos que possibilitem a análise de informações econômicas, atuariais e demográficas completas, a fim de que se dê a devida transparência aos dados da Seguridade Social para que seja identificada a real necessidade de reformas e de construir alternativas que venham melhorar o sistema de Seguridade Social e ampliar a sua abrangência, impedindo o retrocesso dos direitos sociais.

 

Conclamamos os parlamentares a votarem CONTRA a PEC 287/2016 para que seja rejeitada em sua integralidade e convocamos todos os profissionais de segurança pública, bem como toda a sociedade, para exigir dos seus representantes na Câmara e no Senado que não compactuem com essa proposta que ataca todos os trabalhadores brasileiros.

 

Federação Nacional dos Policiais Federais – Fenapef e seus 27 sindicatos estaduais





    NOTÍCIAS

    Policial Federal lança livro sobre a segurança pública brasileira

    Classificado por juristas e especialistas em Segurança Pública como “inovador” e “primoroso trabalho sobre o tema”, o estudo científico desenvolvido pelo Agente de Polícia Federal e mestre em Direito Processual, Roberto Antônio Darós, já está à venda no site da editora Juruá.   O livro, intitulado Segurança Pública – O Novo Pacto Reformista da Sociedade Brasileira na Estrutura&...

    Sinpef-ES e Transparência Capixaba lotam sessão especial do filme sobre a Lava Jato

    O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) e a Transparência Capixaba realizaram na última segunda-feira, 11 de setembro, uma sessão de cinema especial para exibir o filme “Polícia Federal – A Lei é para Todos”, que conta a história dos bastidores da Lava Jato. Reunindo mais de 300 pessoas no Kinoplex do Shopping Praia da Costa, em Vila Velha, o evento teve a presença de policiais federais, autoridades...

    MCEE se posiciona contra propostas de Reforma Política

    MCEE se posiciona contra propostas de Reforma Política apresentadas pelo Congresso Nacional   O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no Espírito Santo (MCCE) divulga nota se posicionando contra as propostas de Reforma Política que vêm sendo conduzidas pelo Congresso Nacional. De acordo com a entidade, os deputados federais e senadores estão defendendo os interesses próprios em projetos que não espelham o anseio da ...

    Sinpef-ES passa a integrar organização internacional

    O presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) e Diretor Parlamentar da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcus Firme dos Reis, participou, nesta quarta e quinta-feira, 26 e 27 de julho, da assembleia geral de 2017 da Organização Internacional de Policiais de Língua Portuguesa (OIP), vinculada à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O evento ocorreu na sede da CPLP, loc...

    Representantes do Sinpef-ES participaram do 11º Encontro do Fórum de Segurança Pública

    O presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES), Marcus Firme dos Reis, e o vice-presidente, Hélio de Carvalho Freitas Filho, participaram do 11º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que ocorreu na última semana, em São Paulo. O evento teve como tema central “Reforma e Modernização das Instituições Policiais”, contando com a presença de pesquisadores, ...

    NOTA MCCE

    Sinpef-ES e demais entidades do MCEE se posicionam contra destinação de cerca de R$ 6 bilhões para Fundo Eleitoral   O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) e as demais entidades que integram o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no Espírito Santo (MCCE) divulgaram nota se posicionando contra a possibilidade de destinação de cerca de R$ 6 bilhões para o Fundo Eleitoral do pleito de...

    Um novo modelo de Polícia para o Brasil

    Luís Boudens e Felipe Santa Cruz saem em defesa de um novo modelo de Polícia para o Brasil.   Em artigo publicado no dia 30 de junho deste ano na Folha de S. Paulo, o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens, e o mestre em Direito e Sociologia pela Universidade Federal Fluminense e presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/Rio), Felipe Santa Cruz, traçam o que seria, no entender dos dois ...

    NOTA SINPEF/ES

    Sinpef-ES e demais entidades do MCEE alertam para risco de aprovação pelo Tribunal de Contas de prejulgado sobre terceirização de fiscalização tributária.   O Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) manifesta preocupação com o risco de precarização do serviço público caso aprovado pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCEES) o incidente de prejulgado nº...

    PF prende no Estado membro de grupo internacional de pedofilia na web

    A Polícia Federal deflagrou no Espírito Santo, na manhã desta quarta-feira (05), a operação Save, de combate ao compartilhamento de fotos e vídeos de exploração sexual de crianças. Seis homens foram presos em flagrante por posse dessas imagens. Eles também são suspeitos de espalhar esses arquivos pela internet.   Um dos presos era membro de um grupo internacional de WhatsApp desarticulado pela Interpol da Es...

    MCCE é contra projeto de lei que prevê uso de royalties para custear prefeituras

    O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no Espírito Santo (MCCE), do qual o Sindicato dos Policiais Federais do Espírito Santo (Sinpef-ES) é integrante, se colocou contra o Projeto de Lei (PL) 238/2017, encaminhado pelo governador Paulo Hartung para a Assembleia Legislativa. O PL pede autorização para que, assim como aconteceu em 2016, os municípios capixabas possam continuar usando em despesas correntes até 60% dos recur...

    Clique aqui para exibir mais notícias